Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Ministério da Saúde firma compromisso para contratação de novos médicos para Foz do Iguaçu (21/10)

Ministério da Saúde firma compromisso para contratação de novos médicos para Foz do Iguaçu (21/10)

Postado em 21/10/2020 por

Compartilhe Agora!

Ação faz parte do pedido formulado pelo município no Plano de Contingência para a Reabertura da Ponte da Amizade.

Imagem: Divulgação.

O Comando de Operações Especiais do Ministério da Saúde (COE-COVID) se comprometeu em auxiliar Foz do Iguaçu com a contratação de novos médicos para reforçar o sistema de saúde no combate à pandemia do novo coronavírus, em razão da reabertura da Ponte Internacional da Amizade.

A decisão foi anunciada durante uma reunião na tarde de ontem (20), da qual participaram o coordenador do COE, Coronel Nivaldo Moura Filho, o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, o vice-prefeito Nilton Bobato, representantes da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) e do Hospital Municipal Padre Germano Lauck.

Durante o encontro, foi apresentado o “Plano de Contingência para o enfrentamento da Covid-19 com a reabertura da Ponte da Amizade”, que prevê o apoio do Ministério da Saúde no atendimento à população do país vizinho.

“A coordenação do COE analisou o Plano de Contingência, e se comprometeu em aprovar as solicitações, entre elas é a questão de recursos humanos, em disponibilizar o banco de dados do Ministério da Saúde e auxiliar na contratação de profissionais médicos para Foz”, adiantou o vice-prefeito Nilton Bobato. “O processo levará mais alguns dias, porque o COE vai continuar analisando os itens do plano para definir como será todo este apoio”.

O Plano prevê a criação de 50 leitos de UTI no Hospital Municipal; ampliação da testagem com aquisição de insumos; reforço na estrutura do SAMU; novos equipamentos, como camas elétricas, monitores, ventiladores pulmonares, aparelhos de ultrassom, além da contratação de equipes, incluindo médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem.

Os números levam em consideração a média populacional do Alto Paraná (Paraguai), onde vivem cerca de 736 mil habitantes. Deste total, estima-se que 96 mil sejam brasileiros residentes no departamento. Somados à população da Regional (430 mil habitantes), estima-se que 1,2 milhão de habitantes necessitem de cobertura hospitalar. O custo mensal desta nova estrutura seria de R$ 6,3 milhões, além de R$ 7 milhões em investimentos (equipamentos e insumos).

RCI, com informações da Secretaria Municipal de Saúde.

2 comentários “Ministério da Saúde firma compromisso para contratação de novos médicos para Foz do Iguaçu (21/10)”

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.