Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Prefeitura conclui edital de arrendamento do Centro de Convenções de Foz do Iguaçu

Prefeitura conclui edital de arrendamento do Centro de Convenções de Foz do Iguaçu

Postado em 14/10/2020 por

Compartilhe Agora!

Nova modalidade vai selecionar proposta que combine maior investimento com lance livre na outorga variável e maior geração de empregos.

Imagem: Christian Rizzi.

O anúncio da duplicação da Rodovia das Cataratas despertou o interesse de investidores em assumir a gestão do Centro de Convenções de Foz do Iguaçu (Ceconfi).

Mesmo antes do fim da pandemia do novo coronavírus, a Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos vem recebendo consultas de potenciais interessados. Várias empresas estão de olho no espaço e aguardam a publicação do novo edital de licitação.

Construído há mais de três décadas, numa área de 100 mil metros quadrados entre a Rodovia das Cataratas e o Aeroporto Internacional, o Ceconfi já não cumpre o seu papel de fomentar a captação de eventos para o destino, pois está defasado em relação à concorrência dos centros de eventos da rede hoteleira. Sua área edificada soma 31.863,43 m² e exige investimentos vultosos na modernização de sua estrutura.

Pensando no máximo aproveitamento do espaço, a equipe da Secretaria elaborou proposta de concorrência pública para contrato administrativo de arrendamento, que encontra respaldo legal na Lei nº 12.815/13.

“Ao invés de uma concessão tradicional, onde apresentaríamos um projeto básico dizendo onde e o quanto investir, optamos pela modalidade do contrato por arrendamento, transferindo a responsabilidade de apresentar a melhor proposta para o licitante. Os critérios de pontuação privilegiam a combinação do maior investimento com a maior oferta na outorga variável e a maior geração de postos de trabalho, além de outros quesitos”, afirma o secretário Gilmar Piolla.

Um diferencial competitivo será o compromisso do licitante de aportar recursos financeiros na divulgação e promoção do turismo. Piolla explica que o objetivo é transformar o Ceconfi em um Complexo Turístico com um conjunto de atrativos, entretenimento, gastronomia, eventos e, inclusive, lojas francas e hospedagem. Todas as atividades que agregarem valor ao empreendimento serão permitidas, exceto aquelas residenciais e industriais.

Pelo novo edital, o contrato de arrendamento terá duração de 30 anos, com 60 meses de carência para início do pagamento da outorga variável. Será permitida a formação de consórcio de empresas.

“O novo edital está pronto. Vamos submetê-lo à aprovação da diretoria e do Conselho de Acionistas do Ceconfi, Conselho Municipal de Turismo – Comtur, Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Foz do Iguaçu – Codefoz e Observatório Social. Temos condições de alavancar um grande investimento no local, que vai gerar faturamento, empregos, e receitas de impostos para o município, desonerando-o dos altos encargos atuais e promovendo a valorização do imóvel, que continuará sendo patrimônio público”, acrescenta Piolla.

O Ceconfi tem como acionistas a Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu (sócio majoritário), a Paraná Turismo, o Fundo Geral de Turismo (Fungetur) e dezenas de acionistas minoritários do setor privado.

RCI, com informações da Secretaria Municipal de Turismo.

One comentário “Prefeitura conclui edital de arrendamento do Centro de Convenções de Foz do Iguaçu”

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.