Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Vereadores aprovam criação de sistema de transporte alternativo em Foz do Iguaçu

Vereadores aprovam criação de sistema de transporte alternativo em Foz do Iguaçu

Postado em 13/10/2020 por

Compartilhe Agora!

Matéria, apreciada na sessão desta terça-feira (13), segue agora para a sanção do prefeito municipal.

Imagem: Reprodução / Câmara Municipal.

Os vereadores de Foz do Iguaçu aprovaram, na sessão ordinária desta terça-feira (13), o Projeto de Lei nº 51 de 2020, de autoria do vereador Rudinei de Moura, que dispõe sobre o “Sistema Alternativo de Serviço de Transporte Público Urbano Coletivo de Passageiros”.

Na apreciação da matéria, o plenário seguiu os pareceres favoráveis das comissões de Justiça e Redação; e de Economia Finanças e Orçamento. Por outro lado, a Comissão de Serviços Públicos emitiu parecer contrário, apontando vício de origem (a matéria deveria partir do Executivo, e não do Legislativo).

A proposta autoriza a habilitação de vans e veículos similares para a realização do transporte de passageiros, desde que obedecidos os atos normativos e demais legislações vigentes.

Entre os requisitos propostos no projeto, o proprietário do veículo deverá requerer alvará de permissão junto à Prefeitura de Foz do Iguaçu, ser residente no município no mínimo a dois anos, ser portador de CNH categoria “D” e não deter qualquer outra autorização, permissão ou concessão para fins de transporte comercial na Terra das Cataratas.

A definição dos itinerários, bem como horários e tarifas, estará a cargo do Poder Executivo. Estudantes terão direito a 50% de desconto no valor da passagem integral. Os pontos de embarque e desembarque serão definidos tendo em vista o interesse público, podendo ou não coincidir com os existentes nas rotas dos ônibus.

Para ler o projeto, na íntegra, clique aqui.

Jornalismo RCI.

One comentário “Vereadores aprovam criação de sistema de transporte alternativo em Foz do Iguaçu”

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.