public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Em sessão no sábado, Câmara aprova liberação de mais recursos para o transporte coletivo em Foz do Iguaçu

Empresas integrantes do Consórcio Sorriso estão com valores em atraso com os trabalhadores, que chegaram a cruzar os braços nesta semana.

A Câmara Municipal de Foz do Iguaçu promoveu na manhã deste sábado (19) a última sessão extraordinária da atual legislatura, tendo como pauta principal discutir projetos de lei que destinam recursos para o pagamento dos salários dos trabalhadores do transporte coletivo urbano.

O PL 136/2020 autoriza que a Prefeitura faça repasse até o limite de R$ 800.000,00 para o mês de dezembro de 2020 e até o limite de R$ 600.000,00 no mês de janeiro de 2021, a título de subvenção econômica ao serviço de transporte coletivo, que atualmente está sob intervenção da Prefeitura.

As matérias constantes na pauta de hoje foram aprovadas em primeira e segunda discussões e seguiram imediatamente para sanção do prefeito.
O repasse dos recursos fica condicionado à prestação de contas mensal pelo interventor do serviço de transporte ao Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans), até o dia 20 do mês subsequente. A matéria foi aprovada com votos contrários dos vereadores Celino Fertrin (Podemos) e Rudinei de Moura (Patriota).

“O transporte está sob intervenção do município, aí o projeto ficou mais adequado. Se necessário for, a partir do ano que vem, a continuidade desses repasses, a próxima Legislatura poderá avaliar se é necessário ou não. Os recursos não estarão sob controle dos empresários do transporte, mas sob o interventor do município, fazendo adequações necessárias”, explicou o vereador Elizeu Liberato (PL).

O vereador Rudinei de Moura (Patriota) destacou: “Não é que eu seja contra o transporte coletivo, mas eu sou extremamente contra o Consórcio Sorriso. Eu voto contra o projeto. Eu fiquei estarrecido porque o Consórcio ainda quer aumentar a tarifa e para não aumentar eles estão afirmando que é preciso retirar os cobradores. O município interviu. O Consórcio no tempo de pandemia abre mão e cai fora”.

Celino Fertrin, por sua vez, questionou: “Foi feita aquisição antecipada do vale transporte de 2021 como forma de garantia. Mas que garantia? Não fizeram pagamento de salário. O vereador Luiz Queiroga (PTB) também se posicionou: “Nós votamos no passado a isenção que seria para o ar condicionado. Mas, nesse projeto como o interventor que irá gerir, eu voto a favor da matéria”.

Obras de Saneamento e Infraestrutura

Foi aprovado também o Projeto de Lei 139/2020, que autoriza o Poder Executivo Municipal a contratar operação de crédito com a Caixa Econômica Federal (FINISA), no valor de R$ 60 milhões, recurso que irá financiar projetos de infraestrutura, drenagem e equipamentos públicos, já em elaboração. A matéria foi aprovada em dois turnos e segue para sanção do Executivo.

O pacote contempla os seguintes investimentos: conclusão da Avenida João Paulo II; Ponte da Rua Jorge Sanways; Abertura da Avenida Safira próximo ao Horto Municipal; Ciclovia na Avenida JK; Drenagem Rio Poty; Parque Linear Rio Monjolo; Construção de um CMEI e uma unidade escolar na Gleba Guarani; Construção de uma UBS no Jardim Alvorada; Construção de um complexo esportivo no Cidade Nova; Pavimentação da Estrada Rural Iguaraçu; entre outras obras.

RCI, com informações da Câmara Municipal.

  • message
    Postado por
    Rádio RCI Iguassu AM 1320 - Notícias
  • today
    Data
    19/12/2020
  • folder
    Categoria
    Notícias de Foz
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
more Leia também

Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug