public Notícia
Home/ Notícia
public Notícia

Foz do Iguaçu leva 10 dias para passar de 17.000 a 18.000 casos de covid (29/12)

Segunda quinzena de dezembro vem tendo diminuição no ritmo de contaminações, após pico de quatro semanas iniciado em novembro.

Imagem: Secretaria Municipal de Saúde.

Foz do Iguaçu chegou, no boletim desta terça-feira (29), ao registro de 18.083 moradores infectados pelo novo coronavírus, no acumulado desde o primeiro caso confirmado na cidade, reportado no mês de março.

Para passar das 17.000 para as 18.000 confirmações, foram necessários 10 dias, conforme os dados oficiais, da Secretaria Municipal de Saúde, compilados pelo Jornalismo da Rádio RCI Iguassu.

O ritmo atual é inferior aos sete dias entre os casos 16.000 e 17.000, entre os dias 12/12 e 19/12; e à média de mil casos a cada cinco dias, verificada entre os registros 13.000 e 16.000, como pode ser visto na tabela abaixo.

1º caso confirmado – 18/03
Caso 1.000 – 02/07 (106 dias)
Caso 2.000 – 15/07 (13 dias) (▲)
Caso 3.000 – 26/07 (11 dias) (▲)
Caso 4.000 – 14/08 (19 dias) (▼)
Caso 5.000 – 30/08 (16 dias) (▲)
Caso 6.000 – 12/09 (13 dias) (▲)
Caso 7.000 – 26/09 (14 dias) (▼)
Caso 8.000 – 16/10 (20 dias) (▼)
Caso 9.000 – 27/10 (11 dias) (▲)
Caso 10.000 – 06/11 (10 dias) (▲)
Caso 11.000 – 14/11 (8 dias) (▲)
Caso 12.000 – 21/11 (7 dias) (▲)
Caso 13.000 – 27/11 (6 dias) (▲)
Caso 14.000 – 02/12 (5 dias) (▲)
Caso 15.000 – 07/12 (5 dias) ( = )
Caso 16.000 – 12/12 (5 dias) ( = )
Caso 17.000 – 19/12 (7 dias) (▼)
Caso 18.000 – 29/12 (10 dias) (▼)

Do primeiro ao milésimo caso, foram 106 dias de intervalo. Do caso 1.000 ao 2.000, somente 13 dias. Para chegar aos 3.000, a velocidade foi ainda maior: 11 dias. No período entre os casos 3.000 e 4.000 (19 dias), Foz do Iguaçu passou por semanas de desaceleração do contágio, como resultado das medidas de quarentena mais rígidas, impostas no princípio de julho.

Da segunda quinzena de agosto em diante, porém, o total de casos diários subiu novamente. A diminuição voltou a ocorrer a partir da semana entre os dias 27/09 e 03/10, dando início a uma sequência de 21 dias de queda. De 20/10 em diante, o ritmo de casos teve nova disparada, só interrompida na segunda quinzena de dezembro, quando as contaminações voltaram a cair.

Número de casos e óbitos por mês*:
Março – 13 casos, nenhum óbito.
Abril – 36 casos, dois óbitos.
Maio – 79 casos, um óbito.
Junho – 768 casos, oito óbitos.
Julho – 2.447 casos, 19 óbitos.
Agosto – 1.732 casos, 31 óbitos.
Setembro – 2.173 casos, 42 óbitos.
Outubro – 2.216 casos, 41 óbitos.
Novembro – 4.284 casos, 45 óbitos.
Dezembro – 4.335 casos, 70 óbitos.**
* critério utilizado: data de comunicação no boletim.
(**total parcial, calculado até o dia 29)

No boletim desta terça, Foz do Iguaçu apresenta 18.083 casos confirmados, dos quais 17.313 pacientes já estão recuperados e 511 seguem em período de manifestação de sintomas e transmissão do vírus (419 em isolamento domiciliar e 92 internados na rede hospitalar). A Terra das Cataratas já teve, também, 259 mortes em decorrência do novo coronavírus.

Guilherme Wojciechowski – Jornalismo RCI.

  • message
    Postado por
    Rádio RCI Iguassu AM 1320 - Notícias
  • today
    Data
    29/12/2020
  • folder
    Categoria
    Notícias de Foz
  • code
    Feito por
    Sistema Plug
more Leia também

Copyright © 2021 Sistema Plug Todos os direitos reservados
Desenvolvimento Web Plug | J.S
Copyright © 2021 | Sistema Plug
Desenvolvido | Web Plug