Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Sindicato mantém greve no transporte coletivo de Foz do Iguaçu para esta terça-feira (15/12)

Sindicato mantém greve no transporte coletivo de Foz do Iguaçu para esta terça-feira (15/12)

Postado em 14/12/2020 por

Compartilhe Agora!

Passageiros que utilizam o sistema devem ficar atentos quanto à paralisação prevista para as primeiras horas da manhã.

Imagem: Reprodução / Ofício.

Passageiros que dependem do transporte coletivo em Foz do Iguaçu devem ficar atentos quanto ao anúncio feito pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (SITRO-FI), de que haverá paralisação a partir das 8h desta terça-feira (15), à medida de que os ônibus forem chegando ao Terminal de Transporte Urbano (TTU), no Centro da cidade.

A pauta apresentada pela categoria às três empresas integrantes do Consórcio Sorriso, concessionário do sistema, está composta pelos seguintes pontos:
a) resíduos de vale-alimentação com atraso de oito meses pelas empresas Cidade Verde e Expresso Vale do Iguaçu, e de três meses pela empresa Transporte Urbano Balan;
b) horas descontadas a título de banco de horas sem amparo legal pelas empresas Cidade Verde e Expresso Vale do Iguaçu, que deverá ser reposto o pagamento, embora esta reivindicação esteja na Justiça do Trabalho;
c) parte das rescisões contratuais dos funcionários demitidos desde abril de 2020, em especial, os 20% do FGTS da multa rescisória, que não foram pagos na rescisão contratual dos funcionários da Cidade Verde e Expresso Vale do Iguaçu, embora esta reivindicação esteja na Justiça do Trabalho;
d) falta de pagamento da primeira parcela do 13º salário pelas empresas Cidade Verde e Expresso Vale do Iguaçu;
e) recontratações dos funcionários demitidos, em especial, os cobradores, ou o pagamento da multa por parte das empresas Cidade Verde e Expresso Vale do Iguaçu, por terem se utilizado do benefício emergencial e não terem garantido a estabilidade do emprego contida na MP 936/2020;
f) reivindicam os trabalhadores respostas consistentes quanto aos passivos trabalhistas das ações judiciais, principalmente, as dívidas deixadas pela empresa consorciada Viação Gato Branco Ltda.

A Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, por sua vez, emitiu nota à imprensa no final da tarde desta segunda-feira (14), que pode ser lida nos parágrafos abaixo:

Tendo em vista o anúncio de paralisação do transporte coletivo pelo sindicato da categoria, previsto para esta terça-feira (15), o Governo Municipal de Foz do Iguaçu informa que desde o início da intervenção, no dia 2 de dezembro, o município já colocou em circulação 5 novos ônibus, contratou 7 novos motoristas e ampliou 15 horários de linhas.

O acompanhamento das linhas, com relação à ocupação dos ônibus, também é feito diariamente, a fim de ajustar a quantidade de veículos conforme a demanda de cada região.

Além de melhorar a qualidade do transporte para os usuários, o município está garantindo o pagamento dos salários dos trabalhadores e já colocou em dia 100% do vale alimentação deste mês para a empresa Cidade Verde e 70% para os trabalhadores da empresa Transbalan, com o compromisso de garantir os demais 30% até sexta-feira, 18 de dezembro.

O Governo Municipal enviará hoje à tarde para a Câmara de Vereadores um projeto de lei para aprovação de um crédito que irá custear o déficit do sistema no período da intervenção, incluindo o 13º salário dos trabalhadores. O prefeito Chico Brasileiro também assegurou que cinco novos ônibus serão colocados em circulação nos próximos dias.

A intervenção foi decretada por até 180 dias devido ao descumprimento do Consórcio Sorriso de suas obrigações tributárias, previdenciárias, trabalhistas, além da deficiência na qualidade da prestação do serviço.

Jornalismo RCI.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.