Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Casos de dengue permanecem sob controle em Foz do Iguaçu (10/02)

Casos de dengue permanecem sob controle em Foz do Iguaçu (10/02)

Postado em 10/02/2021 por

Compartilhe Agora!

Entretanto, cidade já teve dois óbitos provocados pela doença no atual ano epidemiológico.

Imagem: Secretaria Municipal de Saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde atualizou, nesta quarta-feira (10), o balanço semanal da dengue, referente ao ano epidemiológico que teve início no final de julho / primeira semana de agosto. De lá para cá, 211 casos foram confirmados em Foz do Iguaçu, de um total de 5.360 notificados.

Do total de confirmados até o momento, 208 são casos autóctones, com o vírus transmitido através da picada do mosquito Aedes aegypti tendo sido contraído na própria cidade. Os três casos restantes foram importados do Paraguai (2) e de outras localidades do Brasil (1).

No acumulado, 183 iguaçuenses desenvolveram sintomas da dengue clássica, enquanto que 15 tiveram dengue com sinais de alarme e 13 chegaram à fase grave da doença, quando há risco à vida. Infelizmente, duas pessoas faleceram.

Com relação à faixa etária, a distribuição é a seguinte:
Menos de um ano: 12 casos.
01-14 anos: 24 casos.
15-29 anos: 63 casos.
30-44 anos: 56 casos.
45-59 anos: 32 casos.
60 anos ou mais: 24 casos.

Já quanto à distribuição dos casos por região da cidade (números sujeitos a revisão), o Distrito Sanitário Leste, que engloba bairros como Morumbi, Portal da Foz e Jardim São Paulo, é o que concentra o maior número de confirmações:
Leste: 56 casos.
Norte: 55 casos.
Sul: 41 casos.
Oeste: 30 casos.
Nordeste: 16 casos.
Importados: 3 casos.

No ano epidemiológico que se encerrou no final de julho, Foz do Iguaçu teve 26.078 casos notificados, 19.407 confirmados e oito mortes, configurando a pior epidemia de dengue da história do município.

Jornalismo RCI.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.