Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Secretária da Educação fala sobre suspensão do retorno das aulas presenciais em Foz do Iguaçu (26/02)

260221JUSTINA-1

Postado em 26/02/2021 por

Compartilhe Agora!

Decisão foi tomada em razão do agravamento da pandemia e da ocupação de leitos de UTI Covid nos hospitais de toda a região.

Acompanhado pela secretária municipal de Educação, Maria Justina da Silva, o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, anunciou nesta quinta-feira (25), durante transmissão ao vivo através das redes sociais da Prefeitura, que o início das aulas presenciais da rede pública de ensino (municipal e estadual), previsto para segunda-feira (01/03), está suspenso por pelo menos 15 dias no município.

ÚLTIMO MOMENTO: Prefeito diz que Foz do Iguaçu vai acatar o decreto estadual com as novas medidas.

A justificativa, segundo o prefeito, é o agravamento da pandemia. Somente nesta semana – entre domingo (21) e esta quinta-feira (25) – foram confirmados 1.055 casos e 10 mortes. O Hospital Municipal Padre Germano Lauck está com a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em 100%, utilizando, inclusive, leitos de outras alas para garantir o atendimento aos pacientes em estado grave.

A secretária Maria Justina comentou que diante do cenário da pandemia em Foz e pensando na segurança das crianças, jovens e de todos os profissionais da educação, optou-se por adiar a volta às aulas presenciais.

Ela explicou que as atividades remotas estão mantidas na rede municipal, com a entrega do primeiro kit com materiais para que os alunos façam o aprendizado em casa, estando marcado para terça-feira (02/03) no estabelecimento onde a criança está matriculada.

“Mesmo aqueles pais que tinham optado pelo retorno às aulas presenciais deverão retirar as atividades para os alunos fazerem em casa, com acompanhamento”, informou.

A devolução deve ser feita até o dia 13/03, para que as professoras e professores possam acompanhar o desempenho e preparar a entrega seguinte. A situação será monitorada constantemente, com a suspensão podendo ser revogada ou prorrogada, dependendo do andamento da pandemia.

Segundo o prefeito, a suspensão decretada em Foz do Iguaçu (o decreto será publicado até sábado) será válida para as escolas municipais, colégios estaduais e centros municipais de educação infantil (CMEI’s). Para as escolas particulares, especificamente, será elaborada uma orientação para suspensão das aulas presenciais e manutenção apenas das atividades remotas.

RCI, com informações da Agência Municipal de Notícias.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.