Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Secretaria revisa critérios para definição de casos de covid-19 em Foz do Iguaçu (09/02)

Secretaria revisa critérios para definição de casos de covid-19 em Foz do Iguaçu (09/02)

Postado em 09/02/2021 por

Compartilhe Agora!

Com a nova norma, pessoas com sintomas como perda de olfato ou paladar aguda, sem causa anterior, não precisarão passar por exame laboratorial.

Imagem: Agência Municipal de Notícias.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que os casos de síndrome gripal e síndrome respiratória aguda grave associados à anosmia – perda de olfato – ou ageusia – perda de paladar aguda, sem causa anterior, serão automaticamente classificados como positivos para Covid-19 e receberão a prescrição de tratamento para a doença em Foz do Iguaçu.

A 13ª revisão da definição de caso suspeito de infecção pelo novo coronavírus foi divulgada pela Secretaria de Saúde nesta terça-feira (09). Também serão considerados como positivos casos de síndrome gripal e síndrome respiratória aguda de pessoas com histórico de contato próximo ou domiciliar com casos confirmados para Covid-19 nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sintomas.

Nos casos mencionados acima, não será mais necessária a coleta de exames para diagnóstico da Covid-19, e deverá ser seguido o mesmo protocolo de notificação e isolamento para casos confirmados da doença.

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que a definição foi revisada em virtude desses casos serem muito frequentes e a maior parte dos exames ter apontado que eram relacionados à Covid-19.

RCI, com informações da Agência Municipal de Notícias.

2 comentários “Secretaria revisa critérios para definição de casos de covid-19 em Foz do Iguaçu (09/02)”

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.