OUÇA A RÁDIO AO VIVO

N Notícia

LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA / fotospublicas.com

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA / fotospublicas.com

Grêmio vence o Monagas e confirma classificação às oitavas da Libertadores

Tricolor tem dificuldade, mas ganha com gol de pênalti nos acréscimos

Informações compartilhadas Superesportes
 
Atual campeão da Copa Libertadores da América, o Grêmio já está assegurado nas oitavas de final da edição deste ano do torneio continental. Na noite desta terça-feira, o time gaúcho preservou alguns titulares e, ainda assim, derrotou o Monagas por 2 a 1 na Venezuela. Ramiro marcou o primeiro gol do jogo já no segundo tempo, com um chute de fora da área. Nos acréscimos, Kannemann anotou contra e Jailson converteu pênalti para fechar a contagem.
 
O resultado deixou o Grêmio com 11 pontos, na liderança do grupo 1 da Libertadores e sem possibilidades de cair para a terceira posição. O segundo colocado é o Cerro Porteño, do Paraguai, que ganhou por 1 a 0 do uruguaio Defensor Sporting (4) mais cedo. O argentino Diego Churín foi o autor do gol da vitória em Montevidéu, nos acréscimos.
 
Tranquilo na Libertadores, o Grêmio voltará as suas atenções ao Campeonato Brasileiro no domingo, quando enfrentará o lanterna Paraná na Vila Capanema. Pelo torneio continental, receberá o Defensor Sporting na quarta-feira de 23 de maio, com a intenção de ratificar o primeiro lugar do grupo 1.
 
Ao eliminado Monagas, que permaneceu com 3 pontos ganhos, resta ainda um confronto com o Cerro Porteño, fora de casa, também no dia 23.
 
O jogo
 
 Mesmo atuando com uma equipe alternativa, o Grêmio não abdicou do ataque na Venezuela. O time de Renato Gaúcho pecava pela falta de velocidade e sofria com as más condições do gramado, porém conseguia incomodar a defesa do Monagas vez ou outra.
 
Aos seis minutos, contudo, o Grêmio sofreu uma baixa. Alisson, que havia desperdiçado grande oportunidade de abrir o placar ao pegar mal na bola quase na pequena área, lesionou a coxa esquerda e precisou ser substituído por Maicosuel.
 
A melhor chance de gol do Grêmio no primeiro tempo ainda estava por vir, em uma jogada de bola parada. Cícero encobriu a barreira na cobrança de falta, buscando o ângulo, e acertou a trave. No rebote, Maicosuel chutou para fora.
 
O Monagas, sem grande nível técnico, só foi responder aos 44 minutos. Romero ficou com uma sobra de bola dentro da área, limpou a marcação de Kannemann e finalizou. Marcelo Grohe espalmou para salvar o Grêmio com uma bela defesa.
 
O panorama da partida não mudou muito no segundo tempo. Esperando mais efetividade da sua equipe, Renato Gaúcho resolveu entrar em ação aos 20 minutos, quando trocou Madson por Lima.
 
Pouco depois, aos 23, o Grêmio foi premiado com um gol. Ramiro tentou encurtar o caminho para a meta com um chute despretensioso de fora da área, rasteiro. A bola passou por todo o mundo, inclusive pelo goleiro Baroja, e entrou.
 
O Monagas não se deu por vencido. Aos 35 minutos, os donos da casa criaram ótima chance para devolver o empate ao marcador. Quem desperdiçou foi Cádiz, que ficou diante de Grohe, além da marca do pênalti, após um cruzamento da esquerda de Reyes e parou na intervenção do goleiro.
 
Nos minutos finais, o jogo esquentou. Kannemann teve um lance de infelicidade ao cortar a bola contra a própria rede em um cruzamento da esquerda de Luís Gonzalez, aos 46 minutos.
 
Ainda havia tempo para o Grêmio vencer. Aos 47, Cícero foi derrubado por Trejo dentro da área. Pênalti, que Jailson se apresentou para cobrar e conferiu, deslocando Baroja e devolvendo a alegria aos gremistas.
 
MONAGAS 1 X 2 GRÊMIO
 
MONAGAS
Baroja; Romero, Chacón (Dager Palacios), Trejo, Óscar González; Agnel Flores, Carlos Suárez e Javier García; Luís González, Cádiz e Christián Flores (Reyes)
Técnico: Johnny Ferreira
 
GRÊMIO
Marcelo Grohe: Madson (Lima), Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Jailson, Ramiro, Cícero e Alisson (Maicosuel); Thonny Anderson (Thaciano)
Técnico: Renato Gaúcho
 
Local: Estádio Monumental de Maturín, em Maturín (VEN)
Data: 15 de maio de 2018, terça-feira
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Assistentes: Hernán Maidana (ARG) e Juan Pablo Belatti (ARG)
Cartões amarelos: Javier García, Christian Flores e Óscar González (Monagas); Mason (Grêmio)
GOLS: Ramiro, aos 23, Kannemann (contra), 46, e Jaílson, aos 51min do 2ºT
FONTE: Super Esportes / Gazeta Press
Link Notícia

Contate a RCI

Publicidade

Plug Consultoria e Projetos Plug Consultoria e Projetos

Previsão do Tempo