OUÇA A RÁDIO AO VIVO

N Notícia

Ricardo Duarte/Internacional/fotospublicas.com

FOTO: Ricardo Duarte/Internacional/fotospublicas.com

Internacional derrota Fluminense e garante vaga direta na Libertadores

No Beira-Rio, Colorado vence o Tricolor por 2 a 0

Informações compartilhadas Superesportes
 
O Internacional venceu neste domingo o Fluminense por 2 a 0 no Estádio Beira-Rio pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo ruim, o Colorado melhorou com a entrada de Rossi e a estrela de Nico López brilhou marcando os gols do triunfo vermelho. Por outro lado, os cariocas foram muito mal no jogo e ainda correm risco de rebaixamento.
 
Com o resultado, o Internacional garantiu o terceiro lugar com 68 pontos e não pode ser mais alcançado. De quebra está na fase de grupos da Libertadores de 2019. E o Fluminense está em 14ª lugar com 42 pontos.
 
Na última rodada o Internacional visita o Paraná, às 17h(de Brasília), no Durival Britto. No mesmo dia e horário o Fluminense recebe o América-MG em local a ser definido.
 
O Jogo
Com boa presença de público, o Colorado se mandou para o ataque. Enquanto isso os cariocas ficam fechados na defesa e especulam jogadas de contra-ataque. O Fluminense precisa quebrar um jejum de mais 588 minutos que não balança as redes.
 
Apesar de ter mais posse de bola faltou ao Internacional mais profundidade e infiltração nas jogadas ofensivas. Aos 18, D’Ale cobrou falta em cima da barreira. A bola sobrou açucarada para Jonatan Alvez, que isolou pela linha de fundo. Primeira chegada perigosa do Flu foi, aos 23, após cruzamento rasteiro, Luciano esbanjou categoria e tentou de letra.
 
Na partida os donos da casa tem uma transição ofensiva lenta e pouco penetrou na área do Fluminense. Aos 26, Patrick faz lançamento rasteiro, Iago entrou na área em velocidade e bateu cruzado, na rede pelo lado de fora.
 
Mesmo tendo domínio territorial, os anfitriões ficam girando a bola de um lado para o outro, porém sem nenhuma objetividade. Já os visitantes estão bem fechados e tentam uma jogada de contra-ataque esporádica.  
 
Diferente do primeiro tempo, o Inter iniciou mais aceso na etapa final e quase abriu o placar. Aos 02, Nico avançou em velocidade, entrou na área e bateu cruzado. Rodolfo salvou, ao defender pela linha de fundo. Dois minutos depois, Rossi ajeitou, D’Alessandro recebeu a bola e calibrou o chute. A batida passou muito perto da trave de Rodolfo.
 
O jogo ficou mais franco tanto que os cariocas começam a se soltar para o ataque. A pressão vermelha se intensificou na busca do primeiro gol. De má atuação o centroavante Jonatan Alvez foi sacado para a entrada de William Pottker.
 
Houve um crescimento dos vermelhos na partida e acabaram sendo premiados. Aos 28, Nico acertou uma pancada, de primeira, da quina da grande área sem chance para Rodolfo. Aos 32, após cobrança de escanteio, Júnior Dutra cabeceou forte pela linha de fundo.
 
No contra-ataque o Internacional perdeu a chance de ampliar. Aos 33, após cruzamento de D’Ale, Rossi ajeitou e Pottker tentou de voleio. A bola saiu forte pela linha de fundo. Aos 36, Léo fez falta dura em Rossi e foi mais cedo para o chuveiro.
 
Correndo atrás do prejuízo, o Fluminense foi para cima, porém parou em suas limitações técnicas. Além disso o time carioca manteve a sua rotina de não fazer gols. Por sua vez, o Internacional tratou de administrar o resultado e conseguiu com sucesso matar a partida. Aos 43, D’Alessandro fez assistência primorosa. O uruguaio entrou na área em velocidade e chutou na saída de Rodolfo.
 
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 x 0 FLUMINENSE
 
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data:  25 de novembro de 2018 (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Renda:  R$ 656.330,00
Público Total: 31.395
Cartões amarelos: D´Alessandro, Fabiano (Internacional), Léo, Everaldo (Fluminense)
Cartões vermelhos: Léo (Fluminense)
 
Gols: Nico López (Internacional), aos 28 minutos e 43 minutos do segundo tempo
 
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Fabiano, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago, Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro(Camilo) e Patrick (Rossi), Nico López e Jonatan Alvez (Pottker)
Técnico: Odair Hellmann 
 
FLUMINENSE: Rodolfo, Léo, Paulo Ricardo, Digão e Aryton Lucas, Richard, Jadson, Fernando Neto (Marcos Júnior) e Júnior Dutra, Everaldo (Cabezas) e Luciano
Técnico: Marcelo Oliveira
FONTE: Super Esportes / Gazeta Press
Link Notícia

Contate a RCI

Publicidade

Plug Consultoria e Projetos Plug Consultoria e Projetos

Previsão do Tempo