OUÇA A RÁDIO AO VIVO

N Notícia

Wikimedia Commons  / Imagem Publica

FOTO: Wikimedia Commons / Imagem Publica

Chuck Norris processa emissoras que não pagaram seus royalties da série Walker, Texas Ranger

Como a internet bem sabe, a CBS e a Sony mexeram com o ator errado.

Todas as informações compartilhadas Adoro Cinema

O homem que corta a própria barba com uma serra elétrica, que contou até o infinito (duas vezes), que sobreviveu a dois ataques cardíacos em menos de uma hora e que empurra o mundo quando faz flexões está processando a CBS e a Sony por não pagarem royalties. Segundo informa o Deadline, o folclórico Chuck Norris entrou com uma ação judicial no valor de US$ 30 milhões contra as duas emissoras, que não cumpriram o acordo de transferir os lucros gerados pela série Walker, Texas Ranger ao ator.

De acordo com o texto da acusação, os canais não pagaram os 23% de todos os rendimentos gerados pela exploração da série à Top Kick - existiria nome mais perfeito para a companhia de Norris? A CBS e a Sony não se pronunciaram sobre o caso; segundo a ação, a Top Kick teria perdido milhões de dólares durante os últimos anos por causa da quebra contratual e do não pagamento dos direitos de Norris sobre a série.

Vale lembrar que Walker, Texas Ranger, série que trazia o ator como um cowboy moderno e durou oito temporadas, é uma das obras de Norris que deram origem às Verdades sobre o ator. Portanto, se ambas as emissoras quiserem resolver a questão - em vida -, é melhor acatar a ação de Norris. Porque, como a internet bem sabe, "Não existem armas de destruição no Iraque. Chuck Norris mora em Oklahoma".

FONTE: Adoro Cinema / Renato Furtado
Link Notícia