OUÇA A RÁDIO AO VIVO

N Notícia

Divulgação / PMFI

FOTO: Divulgação / PMFI

Hospital Municipal de Foz realizou três captações de órgãos

Gesto nobre das famílias ajudou a salvar vidas de pessoas que aguardavam por um transplante

Neste final de semana, dias 12 e 13, o Hospital Municipal Padre Germano Lauck (HMPGL) de Foz do Iguaçu realizou três captações de múltiplos órgãos. Com estes procedimentos, chega a 15 o número de captações em 2018.

Os procedimentos foram administrados pela equipe da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) da instituição, em parceria com as equipes da Santa Casa de Curitiba; Hospital São Vicente de Curitiba; UOPECCAN de Cascavel, entre outros.

Os três jovens doadores foram vítimas de disparos de arma de fogo e tiveram a morte encefálica confirmada por meio de rigorosos exames.

 As famílias consentiram a doação, dando uma nova possibilidade de vida a pessoas que aguardavam por um transplante. Foram captados: três corações, sendo uma para valva, córneas, rins, fígados e pulmões.

Para o diretor-presidente do HMPGL, Sergio Fabriz, a conduta dessas famílias que conseguiram, num momento de dor, pensar em salvar a vida de outras pessoas, é exemplo a ser seguido.

Para ser um Doador

O passo principal para se tornar um doador é conversar com a sua família e deixar bem claro o desejo. Não é necessário deixar nada por escrito. A doação de órgãos pode ocorrer a partir do momento da constatação da morte encefálica.

FONTE: RCI
Link Notícia