OUÇA A RÁDIO AO VIVO

N Notícia

Divulgação

FOTO: Divulgação

Itaipu pode ter parceria internacional com o Centro para Controle e Prevenção de Doenças

A ideia é trazer um sistema como modelo para a contenção de doenças na região da tríplice fronteira.

Uma comissão da usina de Itaipu e Parque Tecnológico Itaipu (PTI), liderada pelo diretor-geral brasileiro, Marcos Stamm, está em Atlanta, nos Estados Unidos, para discutir futuras parcerias com o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

O centro é uma agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, com tradição no trabalho de combate a infecções de transmissão sexual, imunização, arboviroses e doenças crônicas não transmissíveis, entre vários outros temas ligados à saúde coletiva e de prevenção no mundo.

A Itaipu, por sua vez, criou o Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde, hoje consolidado, para a promoção de ações de saúde pública na região da fronteira do Brasil com o Paraguai e Argentina.

A ideia é tornar esse sistema como modelo para a contenção destas doenças na região da tríplice fronteira, sobretudo pelo método que usa geoprocessamento e um laboratório de diagnóstico por biologia molecular totalmente financiado pela usina.

As autoridades internacionais sinalizaram interesse em futuros acordos e definiram um cronograma de reuniões por videoconferência para dar encaminhamento à parceria.

FONTE: RCI
Link Notícia

Contate a RCI

Publicidade

Plug Consultoria e Projetos Plug Consultoria e Projetos

Previsão do Tempo