OUÇA A RÁDIO AO VIVO

N Notícia

Câmara Municipal

FOTO: Câmara Municipal

Vereadores de Foz do Iguaçu rejeitam aumento dos próprios salários

Projetos prevendo reposição salarial foram apreciados na sessão desta quinta-feira (06).

Os vereadores de Foz do Iguaçu rejeitaram por unanimidade, na sessão desta quinta-feira (06), os projetos de Lei nº 65/2018 e 66/2018, que atualizariam em 2,06% os subsídios de Prefeito, Vice-Prefeito, Secretários Municipais, Procurador Geral do Município, Vereadores e Presidente da Câmara, a título de reposição da inflação acumulada entre janeiro e dezembro de 2017.

Em nota divulgada à imprensa, a assessoria da Câmara informa que, em consenso, os vereadores decidiram rejeitar os dois projetos "levando em consideração o atual momento econômico do país" e "em que pese a reposição ser um direito previsto em lei".

Ambos projetos foram rejeitados com 13 votos contrários, considerando que o Presidente da Casa não participa dese tipo de apreciação e a vereadora Rosane Bonho estava representando a Câmara Municipal em um evento do Governo do Estado do Paraná.

Se as matérias fossem aprovadas, o subsídio pago para o prefeito passaria a ser de R$ 22.445,39 mensais, com R$ 15.046,71 para o vice-prefeito, R$ 10.210,27 para procurador-geral do município e secretários, R$ 13.907,46 para o presidente da Câmara Municipal e R$ 9.269,85 para os demais vereadores.

FONTE: RCI
Link Notícia

Contate a RCI

Publicidade

Plug Consultoria e Projetos Plug Consultoria e Projetos

Previsão do Tempo