OUÇA A RÁDIO AO VIVO

N Notícia

Google Maps

FOTO: Google Maps

Operação Corpus Christi registra uma morte nas estradas da região

Falecimento ocorreu na BR-277, em São Miguel do Iguaçu.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 395 manobras proibidas de ultrapassagem durante o feriado prolongado de Corpus Christi no Paraná.

Outros 72 motoristas foram autuados por dirigir sob efeito de bebidas alcoólicas. E mais de 4,6 mil veículos tiveram suas placas capturadas por radares portáteis da PRF, por excesso de velocidade.

Entre quarta-feira (19) e domingo (23), sete pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais do estado. Outras 116 ficaram feridas, em 97 acidentes.

No mesmo feriado do ano passado, a PRF havia registrado seis mortos, 106 feridos e 104 acidentes. O feriado de 2018 foi impactado pela greve dos caminhoneiros, que afetou o abastecimento de combustíveis em todas as regiões do país.

Na Operação Corpus Christi deste ano, os agentes da PRF encontraram 35 crianças sendo transportadas sem cadeirinha no Paraná.

Foi detectado ainda um total de 172,2 toneladas de excesso de peso, em 45 caminhões abordados no período.

As equipes da PRF recuperaram em território paranaense oito veículos com alerta de roubo ou furto.

Todas as sete mortes registradas pela PRF no Paraná ocorreram em situação de pista seca. Seis delas, em trechos de reta.

Dos sete mortos, três eram pedestres que foram atropelados, um deles, em São Miguel do Iguaçu, na noite de quarta-feira.

Desatenção, excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, sono e desobediência à sinalização foram as causas dos acidentes fatais, conforme as equipes que atenderam as ocorrências.

Cinco das sete mortes ocorreram à noite ou de madrugada. Foram quatro mortes em trechos de pista dupla e três, em pista simples.

Especificamente na área de abrangência da delegacia de Foz do Iguaçu (que vai até Santa Tereza do Oeste), foram registrados cinco acidentes, com nove feridos e um pedestre falecido.

Além disso, 10 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante, 29 por ultrapassagem irregular e 3 por transportarem crianças sem o dispositivo de retenção adequado.

FONTE: Polícia Rodoviária Federal
Link Notícia

Contate a RCI

Publicidade

Previsão do Tempo