OUÇA A RÁDIO AO VIVO

N Notícia

Google Maps

FOTO: Google Maps

Velocidade da Avenida Tancredo Neves é alterada em Foz do Iguaçu

Trecho é de responsabilidade federal, com a conservação estando a cargo da usina de Itaipu.

Desde esta quarta-feira (03), o limite máximo para o tráfego de veículos na Avenida Tancredo Neves reduziu de 80 km/h para 60 km/h no trecho de 5,5 quilômetros entre o trevo da Vila A e a Barreira de Controle da Itaipu. A medida atende à reivindicação da comunidade local para garantir mais segurança à via, cuja manutenção é feita pela Itaipu Binacional. A fiscalização será feita pela Polícia Rodoviária Federal.

“A redução aumentará a segurança da via, sobretudo para o pedestre, que é a parte mais vulnerável do trânsito”, afirmou o gerente da Divisão de Infraestrutura e Manutenção de Itaipu, Jorge Guilherme Alves. “Nos últimos anos, o tráfego na avenida intensificou muito e a via não comporta mais os 80 km/h”, completou.

A redução do limite está sendo sinalizada com a substituição das placas, a partir desta quarta-feira, principalmente, nos pontos de congestionamentos frequentes como na entrada do bairro Porto Belo e na região do Rio Almada. Recomenda-se que os motoristas fiquem atentos à sinalização e respeitem os limites de velocidade.

A mudança no limite de velocidade faz parte de uma série de melhorias feitas pela Itaipu na Tancredo Neves, avenida que dá acesso à usina na região Norte de Foz do Iguaçu. Na última terça-feira, 25, foi assinada a ordem de serviço para a segunda etapa da construção de uma ciclovia na avenida. O investimento, de quase R$ 6 milhões, integra o pacote de obras estruturantes da binacional no município.

Feita com pavimentação asfáltica e com 2,4 metros de largura, o segundo trecho da ciclovia terá dois quilômetros de extensão e uma área total de 14.500 metros quadrados. Este trecho abrange desde o condomínio Terra Nova até a ponte do Rio Almada.

Ao longo do trajeto, serão feitas ainda obras de drenagem pluvial (tubulação, bueiros, poços de visita), confecção de calçadas e de meio-fio, além de instalada a iluminação em led. Também será construída uma faixa elevada para pedestres, na altura da Igreja São José Operário, no bairro KLP. Outra melhoria será o alargamento da ponte do Rio Almada, que receberá uma estrutura de concreto para garantir a passagem segura dos ciclistas.

Quando concluído, o segundo trecho da ciclovia se conectará ao 1,7 km já construído entre a Barreira de Controle da Itaipu e a Avenida Tarquínio Joslin dos Santos, totalizando quase 4 km de ciclovia na Tancredo Neves. A entrega da primeira fase está prevista para agosto. O projeto do trecho final da ciclovia, que chegará até o viaduto da BR-277, está em fase de elaboração pela Divisão de Planejamento de Infraestrutura de Itaipu.

FONTE: Itaipu Binacional
Link Notícia

Contate a RCI

Publicidade

Previsão do Tempo