Ouça agora na Rádio

Ouça agora

De olho no “novo turismo”, começam as aulas do Capacita Guias 2020

De olho no “novo turismo”, começam as aulas do Capacita Guias 2020

Postado em 28/10/2020 por

Compartilhe Agora!

Iniciativa apoia um dos setores mais prejudicados pela pandemia de covid-19 em Foz do Iguaçu, com curso online e bolsa auxílio de R$ 450,00 por mês.

Imagem: Divulgação.

O Capacita Guias 2020 deu a largada nesta terça-feira (27), com a participação de 150 profissionais desse setor do turismo de Foz do Iguaçu. As aulas online tiveram início às 18h, numa sala virtual gigante. A iniciativa é promovida pela Itaipu, por meio de um convênio com o Instituto Polo Internacional Iguassu e apoio do Sebrae, Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A ação é uma forma de apoiar o setor do turismo, um dos mais atingidos pela pandemia da covid-19, especialmente em uma cidade como Foz do Iguaçu, que tem sua vocação econômica fundamentada na atividade turística. Além da qualificação profissional, os guias selecionados receberão uma bolsa-auxílio de R$ 450,00 pelo período de três meses. O recurso total repassado pela Itaipu para a ação soma R$ 202,5 mil.

“Todos os profissionais que foram selecionados neste projeto foram premiados com uma grande oportunidade de desempenhar ainda melhor suas funções na retomada da atividade turística, para que voltemos à normalidade o mais rápido possível”, disse o coronel Aureo Ferreira, assessor do diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna, em sua fala durante a aula inaugural do curso.

“O Capacita Guias faz parte do programa Acelera Foz e está alinhado com o plano de retomada econômica da cidade pós-pandemia, um dos objetivos priorizados pela gestão do general Silva e Luna”, completou. O convênio foi feito pelas áreas de Comunicação Social e de Turismo da Itaipu.

Oportunidade bem-vinda

A oportunidade foi muito bem-vinda para Isabel Areias Cavalcante, guia de turismo há 31 anos, que desde março não trabalhava na área. “Achei ótima a iniciativa da Itaipu e do Polo Iguassu. Além de nos ajudar financeiramente nesse momento difícil, ainda nos proporciona uma capacitação, revendo conteúdos esquecidos e aprendendo sobre assuntos novos”, elogiou.

Setor prestigiado

Para um setor que estava à beira do colapso, a ajuda foi um alívio. “A pandemia desanimou muitos guias, alguns, inclusive, desistiram da carreira. O valor da bolsa auxílio repassada pela Itaipu me ajudará a pagar algumas contas essenciais e, principalmente, será um incentivo para fazermos o curso e continuarmos na profissão”, disse Bárbara Otremba Maciel, guia de turismo há oito anos.

Conhecimento e renda

A capacitação terá duração de três meses, com aulas online às terças e quintas-feiras. Cada aula terá duração de duas horas (das 18h30 às 20h30). A bolsa de estudos é vinculada à frequência de pelo menos 75% no curso, com a entrega de dois trabalhos ao final da capacitação.

Os guias vão estudar as necessidades dos turistas no pós-pandemia e aprender sobre novas formas de apresentar os atrativos turísticos de Foz do Iguaçu. Também serão qualificados para a melhoria do atendimento e satisfação dos visitantes. “O Sebrae fez uma curadoria de conteúdo e temáticas para formar os guias, nossos ‘empreendedores’ do ramo”, disse Camila Giacomelli, que representou a instituição na abertura do curso.

Novas rotas

Os profissionais também vão aprender a trabalhar com rotas alternativas dentro do Parque Nacional do Iguaçu (PNI): as trilhas San Martin e a Trilha da Bananeira, e de outras já existentes. Ao falar aos guias na abertura do curso, Ulisses Santos, representante do PNI/ICMBio, revelou que o Parque estabeleceu como meta ser reconhecido como um dos cinco parques mais inovadores do mundo. “Esta parceria com os guias de turismo é essencial para que a nossa mensagem, enquanto destino, seja levada adiante aos nossos turistas”, reforçou.

Alinhamento ao governo federal

As ações da Itaipu para a retomada da economia, como a campanha Vem para Foz, e de enfrentamento à covid-19 (criação de unidades de UTI, testagem de mais de 20 mil pessoas, compra e repasse de equipamentos e insumos para as unidades regionais de saúde de Foz e região e convênio para contratação de mais de 730 funcionários da saúde), cuja soma chega a R$ 25 milhões, estão em consonância com as diretrizes do governo do presidente Bolsonaro. As iniciativas para ajudar os guias, incluindo a capacitação e uma live em junho, chegam a R$ 300 mil.

Itaipu Binacional.

One comentário “De olho no “novo turismo”, começam as aulas do Capacita Guias 2020”

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.