Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Pela segunda semana seguida, casos de covid-19 voltam a subir em Foz do Iguaçu (06/02)

Pela segunda semana seguida, casos de covid-19 voltam a subir em Foz do Iguaçu (06/02)

Postado em 06/02/2021 por

Compartilhe Agora!

Entre 31/01 e 06/02, cidade teve 972 registros, voltando a se aproximar da casa dos mil por semana.

Gráfico: Secretaria Municipal de Saúde.

O número de novos casos de covid-19 voltou a subir e a se aproximar da casa dos mil por semana em Foz do Iguaçu. É o que aponta o levantamento elaborado pelo Jornalismo da Rádio RCI Iguassu, neste sábado (06), tendo como fonte as informações publicadas nos boletins diários emitidos pela Secretaria Municipal de Saúde.

No intervalo entre os dias 31/01 e 06/02, foram 972 registros de moradores infectados com a covid-19 na Terra das Cataratas. O número de recuperados foi de 834 pacientes. Já o total de casos ativos (pessoas com sintomas ou em fase ativa de transmissão do novo coronavírus) fechou em 818 no último boletim da semana. No mesmo período, 11 óbitos foram reportados*.
* Critério utilizado: data de comunicação no boletim.

Resumo dos boletins da semana*:
31/01 (domingo): 132 confirmados, 101 recuperados, dois óbitos.
01/02 (segunda): 112 confirmados, 127 recuperados, nenhum óbito.
02/02 (terça): 198 confirmados, 125 recuperados, um óbito.
03/02 (quarta): 117 confirmados, 128 recuperados, um óbito.
04/02 (quinta): 69 confirmados, 133 recuperados, três óbitos.
05/02 (sexta): 232 confirmados, 120 recuperados, um óbito.
06/02 (sábado): 112 confirmados, 100 recuperados, três óbitos.
Total da semana: 972 confirmados, 834 recuperados, 11 óbitos.

Na comparação com a semana anterior, houve aumento nos novos registros (de 861 para 972 casos), além de piora em alguns dos principais indicadores da pandemia, como o número de pacientes internados (de 75 para 84 no último boletim da semana). Um fato positivo foi a redução da mortalidade, com a atual sendo a semana com a menor letalidade desde o início do ano.

Confira, abaixo, um comparativo dos principais indicadores, tendo como ponto de partida janeiro de 2021 (para dados anteriores, referentes ao ano de 2020, clique aqui):

Total de novos casos:
Número de novos infectados voltou a subir na comparação com as duas semanas anteriores.

Entre 31/01 e 06/02: 972.
Entre 24/01 e 30/01: 861.
Entre 17/01 e 23/01: 719.
Entre 10/01 e 16/01: 1.161.
Entre 03/01 e 09/01: 968.
Entre 27/12 e 02/01: 853.

Gráfico: Elaine Della Giustina Soares / Unila.

Média de casos por dia:
Aumento na comparação com a semana anterior.

Entre 31/01 e 06/02: 138,85.
Entre 24/01 e 30/01: 123.
Entre 17/01 e 23/01: 102,71.
Entre 10/01 e 16/01: 165,85.
Entre 03/01 e 09/01: 138,28.
Entre 27/12 e 02/01: 121,85.

Pico de casos em um único dia:
Segundo maior pico diário da série comparativa (dados de 2021).

Entre 31/01 e 06/02: 232 (05/02).
Entre 24/01 e 30/01: 230 (30/01)
Entre 17/01 e 23/01: 139 (22/01).
Entre 10/01 e 16/01: 261 (13/01).
Entre 03/01 e 09/01: 221 (06/01).
Entre 27/12 e 02/01: 215 (29/12).

Pacientes recuperados:
Semana fechou com 138 recuperados a menos que o total de infectados (972).

Entre 31/01 e 06/02: 834.
Entre 24/01 e 30/01: 753.
Entre 17/01 e 23/01: 660.
Entre 10/01 e 16/01: 1.261.
Entre 03/01 e 09/01: 841.
Entre 27/12 e 02/01: 699.

Casos ativos:
Semana fecha com o maior número de pacientes em fase ativa em 2021.

Boletim de 06/02: 818.
Boletim de 30/01: 691.
Boletim de 23/01: 599.
Boletim de 16/01: 552.
Boletim de 09/01: 671.
Boletim de 02/01: 561.

Pacientes internados:
Aumento nas hospitalizações de moradores de Foz do Iguaçu na comparação com a semana passada.

Boletim de 06/02: 84.
Boletim de 30/01: 75.
Boletim de 23/01: 118.
Boletim de 16/01: 91.
Boletim de 09/01: 93.
Boletim de 02/01: 98.

Gráfico: Elaine Della Giustina Soares / Unila.

Óbitos:
Queda na comparação com as semanas anteriores.

Entre 31/01 e 06/02: 11.
Entre 24/01 e 30/01: 16.
Entre 17/01 e 23/01: 12.
Entre 10/01 e 16/01: 19.
Entre 03/01 e 09/01: 17.
Entre 27/12 e 02/01: 23.

Taxa de letalidade:
Retorno ao patamar das semanas anteriores.

Boletim de 06/02: 1,51%.
Boletim de 30/01: 1,53%.
Boletim de 23/01: 1,51%.
Boletim de 16/01: 1,51%.
Boletim de 09/01: 1,50%.
Boletim de 02/01: 1,48%.

Exames realizados:
Aumento no total de exames e diminuição no percentual de resultados negativos.

Entre 31/01 e 06/02: 2.144 (1.172 negativos, 972 positivos / 45,33%).
Entre 24/01 e 30/01: 1.533 (672 negativos e 861 positivos / 56,16%).
Entre 17/01 e 23/01: 1.484 (765 negativos e 719 positivos / 48,45%).
Entre 10/01 e 16/01: 2.158 (997 negativos e 1.161 positivos / 53,79%).
Entre 03/01 e 09/01: 1.891 (923 negativos e 968 positivos / 51,18%).
Entre 27/12 e 02/01: 2.132 (1.279 negativos, 853 positivos / 40,01%).

Gráfico: Elaine Della Giustina Soares / Unila.

Acumulado

No boletim deste sábado (06), Foz do Iguaçu apresenta 23.200 casos confirmados, dos quais 22.032 pacientes já estão recuperados e 818 seguem em período de manifestação de sintomas e transmissão do vírus (734 em isolamento domiciliar e 84 internados na rede hospitalar). A Terra das Cataratas já teve, também, 350 mortes em decorrência do novo coronavírus.

Na somatória dos meses de março, abril e maio de 2020, Foz do Iguaçu contabilizou 128 casos confirmados e três mortes. Em junho, foram outros 768 casos e oito mortes. Julho fechou com 2.447 casos positivos e 19 mortes. Agosto teve 1.732 confirmações e 31 óbitos. Setembro terminou com 2.173 casos e 42 mortes incluídas nos boletins. Outubro teve 2.216 casos e 41 falecimentos.

Novembro terminou com 4.284 casos e 45 mortes. Dezembro, terminou com 4.547 casos e 77 óbitos. Janeiro de 2021 teve 4.065 casos e 75 mortes. Fevereiro, em seis dias, tem 840 casos e nove falecimentos.*
* Critério: data de comunicação no boletim.

Guilherme Wojciechowski – Jornalismo RCI.

2 comentários “Pela segunda semana seguida, casos de covid-19 voltam a subir em Foz do Iguaçu (06/02)”

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.