Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Foz do Iguaçu leva cinco dias para passar de 14.000 a 15.000 casos de covid (07/12)

Foz do Iguaçu leva cinco dias para passar de 14.000 a 15.000 casos de covid (07/12)

Postado em 07/12/2020 por

Compartilhe Agora!

Ritmo de contaminação pelo novo coronavírus é igual ao da pior marca alcançada na semana passada.

Imagem: Secretaria Municipal de Saúde.

Foz do Iguaçu chegou, no boletim desta segunda-feira (07), ao registro de 15.035 moradores infectados pelo novo coronavírus, no acumulado desde o primeiro caso confirmado na cidade, reportado no mês de março.

Para passar das 14.000 para as 15.000 confirmações, foram necessários apenas cinco dias, conforme os dados oficiais, da Secretaria Municipal de Saúde, compilados pelo Jornalismo da Rádio RCI Iguassu.

O ritmo atual é igual ao do intervalo entre os casos 13.000 e 14.000, de 27/11 a 02/12, o que pode indicar uma tendência de estabilização em patamar alto, com média igual ou superior a 200 registros por dia.

1º caso confirmado – 18/03
Caso 1.000 – 02/07 (106 dias)
Caso 2.000 – 15/07 (13 dias) (▲)
Caso 3.000 – 26/07 (11 dias) (▲)
Caso 4.000 – 14/08 (19 dias) (▼)
Caso 5.000 – 30/08 (16 dias) (▲)
Caso 6.000 – 12/09 (13 dias) (▲)
Caso 7.000 – 26/09 (14 dias) (▼)
Caso 8.000 – 16/10 (20 dias) (▼)
Caso 9.000 – 27/10 (11 dias) (▲)
Caso 10.000 – 06/11 (10 dias) (▲)
Caso 11.000 – 14/11 (8 dias) (▲)
Caso 12.000 – 21/11 (7 dias) (▲)
Caso 13.000 – 27/11 (6 dias) (▲)
Caso 14.000 – 02/12 (5 dias) (▲)
Caso 15.000 – 07/12 (5 dias) ( = )

Do primeiro ao milésimo caso, foram 106 dias de intervalo. Do caso 1.000 ao 2.000, somente 13 dias. Para chegar aos 3.000, a velocidade foi ainda maior: 11 dias. No período entre os casos 3.000 e 4.000 (19 dias), Foz do Iguaçu passou por semanas de desaceleração do contágio, como resultado das medidas de quarentena mais rígidas, impostas no princípio de julho.

Da segunda quinzena de agosto em diante, porém, o total de casos diários subiu novamente. A diminuição voltou a ocorrer a partir da semana entre os dias 27/09 e 03/10, dando início a uma sequência de 21 dias de queda. Desde o dia 20/10, no entanto, o ritmo de casos teve nova disparada, resultando no panorama atual.

Número de casos e óbitos por mês:
Março – 13 casos, nenhum óbito.
Abril – 36 casos, dois óbitos.
Maio – 79 casos, um óbito.
Junho – 768 casos, oito óbitos.
Julho – 2.447 casos, 19 óbitos.
Agosto – 1.732 casos, 31 óbitos.
Setembro – 2.173 casos, 42 óbitos.
Outubro – 2.216 casos, 41 óbitos.
Novembro – 4.284 casos, 45 óbitos.
Dezembro – 1.287 casos, 20 óbitos.*
(*total parcial, calculado até o dia 07)

No boletim desta segunda-feira, Foz do Iguaçu apresenta 15.035 casos confirmados, dos quais 14.149 pacientes já estão recuperados e 677 seguem em período de manifestação de sintomas e transmissão do vírus (523 em isolamento domiciliar e 154 internados na rede hospitalar). A Terra das Cataratas já teve, também, 209 mortes em decorrência do novo coronavírus.

Guilherme Wojciechowski – Jornalismo RCI.

One comentário “Foz do Iguaçu leva cinco dias para passar de 14.000 a 15.000 casos de covid (07/12)”

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.