Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Novas medidas: Foz do Iguaçu vai acatar decreto do Governo do Estado (26/02)

260221CHICO

Postado em 26/02/2021 por

Compartilhe Agora!

Segundo o prefeito Chico Brasileiro, município pretende adaptar e até ampliar algumas das restrições estabelecidas.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro, confirmou nesta sexta-feira (26), em entrevista ao canal RPC TV, que o município pretende acatar o Decreto nº 6.983/2021, emitido pelo Governo do Estado, determinando medidas gerais para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

ÚLTIMO MOMENTO: Prefeitura publica Decreto nº 28.999, que regulamenta as restrições em Foz do Iguaçu – leia na íntegra.

A normativa estabelece que, no período entre 27/02 (sábado) e 08/03 (segunda), haverá fechamento de setores não-essenciais do comércio, suspensão de aulas presenciais em instituições públicas e particulares, toque de recolher entre as 20h e as 5h e proibição de atividades coletivas nos 399 municípios paranaenses.

Cada gestor local, no entanto, tem autonomia para modificar algumas das regras gerais, de forma a adaptá-las à realidade local. Segundo Chico Brasileiro, Foz do Iguaçu publicará decreto municipal com algumas adaptações, mas no sentido de coibir práticas específicas.

Uma das intenções é regulamentar a circulação de ambulâncias vindas com pacientes, até de fora do país, para os hospitais da cidade, que estão sem vagas. Nesta sexta, tanto o Hospital Municipal, quanto o Hospital Ministro Costa Cavalcanti, seguem operando acima da capacidade nas alas Covid-19.

Entre hoje (26) e amanhã (27), a Prefeitura deve publicar, em Diário Oficial, medidas complementares às anunciadas pelo Governo do Estado. Para esta sexta, estão previstas diversas reuniões para definir os detalhes, inclusive, sobre o anúncio de que o município pretende exigir teste negativo de estrangeiros que entram na cidade vindos da Ponte da Amizade.

Jornalismo RCI.

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.